14 de março de 2016

Resenha: Um amor para recordar - Nicholas Sparks

Título: Um amor para recordar.
Autor: Nicholas Sparks
Editora: Novo Conceito.
Páginas: 191


“Cada mês de abril, quando o vento sopra do mar e se mistura com o perfume de violetas, Landon Carter recorda seu último ano na High Beaufort. Isso era 1958, e Landon já tinha namorado uma ou duas meninas. Ele sempre jurou que já tinha se apaixonado antes. Certamente a última pessoa na cidade que pensava em se apaixonar era Jamie Sullivan, a filha do pastor da Igreja Batista da cidade. A menina quieta que carregava sempre uma Bíblia com seus materiais escolares. Jamie parecia contente em viver num mundo diferente dos outros adolescentes. Ela cuidava de seu pai viúvo, salvava os animais machucados, e auxiliava o orfanato local. Nenhum menino havia a convidado para sair. Nem Landon havia sonhado com isso. Em seguida, uma reviravolta do destino fez de Jamie sua parceira para o baile, e a vida de Landon Carter nunca mais foi a mesma.”
 
É isso mesmo produção, mais um do Sparks? Segura essa garota que já esta virando vício. Nem eu estou acreditando. rsrsrs
Oi gente, como viram não resisti a mais um do Nick, é estou me considerando a íntima já rsrsrs, e me segurei na livraria para não voltar com mais dois dele na sacola.  Se quiserem me recomentar algum, fiquem a vontade com certeza verá resenha dele aqui no blog e poderemos trocar "figurinhas".

Um amor para recordar, quem não tem um amor para recordar? Seja ele de infância, de adolescência ou de adulto. Aquele que deu certo, aquele que você não sabe porque tomou caminhos diferentes, aquele que você espera um dia rever ou sabe que não irá rever pois não está mais aqui. Enfim, acho que todos carregam um amor, todos temos coisas boas para recordar mesmo que pequenas.

Landon e Jamie Sullivan, ela com sua bíblia, mundos diferentes. Um baile, uma peça, um anjo e um sonho.
- Você tem de prometer que não vai se apaixonar por mim. - Eu sabia que ela estava brincando, pelo modo como riu, e eu não consegui evitar respirar aliviado. Às vezes, admito, Jamie tinha um ótimo senso de humor. Eu sorri e dei minha palavra.
Como alguém pode prometer que não irá se apaixonar? Esta é uma promessa impossível de cumprir, concorda? Acho que só a palavra "não" já faz com que você queira se apaixonar. Quem promete isso?
O pai de Landon era um pai ausente, já o pai de Jamie era um reverendo. Reverendo Hegbert e ele sempre falava sobre a "ira de Deus descendo sobre os fornicadores". Isso de certa forma mexia com Landon, as vezes com seus amigos até virava piada, porém sabe da seriedade em levar Jamie ao baile .
- Olá reverendo - eu disse, tentando engolir o nervosismo. - Estou aqui para levar Jamie ao baile em homenagem aos ex-alunos. - É claro que está - ele disse. - Mas, primeiro, gostaria de conversar com você. - Sim, senhor. Foi por isso que cheguei mais cedo.
 Marcar os textos importantes na bíblia, quem nunca? Já aconteceu com você de abrir novamente e estar exatamente no texto marcado e de repente aquele texto "falar" com você. Apesar de não ser um leitor assíduo, muito menos ter sido ele o responsável pela parte grifada isso acontece com Landon.
Oh, Senhor, meu Deus, minha rocha, eu peço a Tua ajuda! Não deixes de ouvir o meu pedido. Se não me responderes, eu estarei com aqueles que descem ao mundo dos mortos. Ouve-me quando levanto as mãos na direção do Teu santo Templo e grito, pedindo a Tua ajuda. - Fechei a bíblia com lágrimas nos olhos, incapaz de terminar de ler o salmo. De algum modo, sabia que ela havia sublinhado aquele trecho para mim.


Alem do livro temos a adaptação com Shane West como Landon Carter e Mandy Moore como Jamie Elizabeth Sullivan, apesar de ter assistido o filme algumas vezes (várias para ser sincera), demorei muito para ler o livro. Um amor que ensina eu diria, um amor que faz com o que o outro queira ser uma pessoa melhor. Apesar de algumas diferenças entre o livro e o filme eu me apaixonei por ambos, chorei muito e se você não viu ou não leu prepare o lencinho, melhor os lencinhos.

Fico por aqui, espero que tenham gostado, se escrevesse mais contaria muito e para detalhes leia o livro rsrsrs. 
Sim, eu gostaria que existissem no mundo mais pessoas como Jamie Sullivan.
Um grande abraço e até a próxima.


Classificação DNA

Comente com o Facebook:

1 comentários:

  1. O filme e livro são muiiito perfeitos <3 AMO
    Se puder, olhe o meu blog... será bem vinda lá viu ?! http://plugyourdreams.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Olá Chuchu's *-*
Nós do DNA agradecemos sua visita, saiba que sua presença é muito importante e seu comentário deixa três aspirantes a blogueira feliz :D
Então comente, opine, critique e sinta-se em casa, pois tudo aqui é feito com muito amor para você!
Se quiser fazer contato por e-mail, utilize a aba: Contato.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...  
 
© Dna Bookz - 2015. Todos os direitos reservados.
Layout criado por: Maidy. Modificado por: Edna Rodrigues.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo