15 de abril de 2015

Resenha: Mar da tranquilidade

Livro: Mar da Tranquilidade
Autora: Katja Millay 
Páginas: 367
Editora: Arqueiro

Nastya Kashnikov foi privada daquilo que mais amava e perdeu sua voz e a própria identidade. Agora, dois anos e meio depois, ela se muda para outra cidade, determinada a manter seu passado em segredo e a não deixar ninguém se aproximar.Mas seus planos vão por água abaixo quando encontra um garoto que parece tão antissocial quanto ela. É como se Josh Bennett tivesse um campo de força ao seu redor. Ninguém se aproxima dele, e isso faz com que Nastya fique intrigada, inexplicavelmente atraída por ele.A história de Josh não é segredo para ninguém. Todas as pessoas que ele amou foram arrancadas prematuramente de sua vida. Agora, aos 17 anos, não restou ninguém. Quando o seu nome é sinônimo de morte, é natural que todos o deixem em paz. Todos menos seu melhor amigo e Nastya, que aos poucos vai se introduzindo em todos os aspectos de sua vida.À medida que a inegável atração entre os dois fica mais forte, Josh começa a questionar se algum dia descobrirá os segredos que Nastya esconde – ou se é isso mesmo que ele quer. Eleito um dos melhores livros de 2013 pelo School Library Journal, Mar da Tranquilidade é uma história rica e intensa, construída de forma magistral. Seus personagens parecem saltar do papel e, assim como na vida, ninguém é o que aparenta à primeira vista. Um livro bonito e poético sobre companheirismo, amizade e o milagre das segundas chances. 
"Alternando entre dois tipo de pontos de vista em primeira pessoa, Katja Millay mergulha na mente de seus dois protagonistas e deixa o leitor sem fôlego. Povoado por personagens criados com maestria e fugindo completamente dos estereótipo, este é um livro que irá encantar jovens e adultos"
- School Library Journal
Bom moçada comecei essa resenha com a crítica acima, pois ela disse praticamente tudo sobre o que achei desse livro. "Mar da tranquilidade" mexeu extremamente comigo, a princípio eu custei a ler não por causa da história em si mas por falta de tempo e como estava lendo ele picado não conseguia pegar no embalo e comecei a achar o livro um pouco chato mas enfim parei e me dediquei a leitura então foi ai que pude perceber que estava enganada que o livro, os personagens a história eram perfeitos e nunca me senti tão dentro de um livro como me senti nesse.

O livro com a história da Nastya uma garota de quase 18 anos, quando Nastya tinha 15 anos ela passou por algo extremamente traumático que mudou a vida dela por completo. Nastya não revela de cara o que aconteceu com ela, mas ela deixa claro desde o princípio que a situação que ela viveu quando tinha 15 anos matou a pessoa que ela era. Sendo assim Nastya "renasceu" como outra pessoa (se tornou outra pessoa) uma garota completamente diferente do que ela era.
"Na sua mão e no seu punho existem 27 ossos. Eu quebrei 22 deles. Em termos relativos, minha mãe é tipo um milagre. Está cheia de placas e pinos e, mesmo após várias cirurgias, ainda não parece totalmente no lugar. Mas ela está funcionando melhor do que previram. E não é que eu não consiga fazer nada; só não consigo fazer a única coisa que eu queria. Aquilo que me fazia ser quem eu sou."
E para fugir dos pesadelos que sempre à assombravam e da pressão dos pais e amigos e para manter seu passado em segredo e deixar as pessoas cada vez mais longe Nastya decide se mudar para outra cidade, outra escola. Sendo assim ela vai morar com sua tia Margot e loco matriculá-se em um nova escola. Logo no primeiro dia de aula ela conhece Josh Bennet um garoto que também tem um passado problemático, um passado traumático. 

A história de Josh é conhecida por todos na cidade, todas as pessoas que ele amou foram arrancadas de sua vida. Apesar de se evitarem a princípio Nastya e Josh não podiam negar que cada dia que passava a atração entre era cada vez maior. A partir do momento em que os dois se conhecem e começam ter uma convivência algo vai mudando eles começam a transformar um ao outro e aos poucos aquela amizade começa a se tornar algo maior.
"Naquele momento, eu sei o que ele me deu, e não é uma cadeira. é um convite, uma mensagem de boas vindas, a confirmação de que sou aceita aqui. Ele não me deu algo para me sentar. Ele me deu um lugar."
Algo que achei muito bacana nesse livro e que diferentemente dos outros romances que já li, nele não temos aquele amorrrr capaz de salvar um ao outro, não é isso que acontece Nastya e Josh na verdade encontram um apoio um no outro para juntos tentar encontrar uma forma de mudar o que já foi vivido, porque eles sabem que não é o amor que vão salvá-los mas que eles precisam encontrar uma maneira de continuar vivendo mesmo com todo o passado traumático.

O livro me deixou um pouco angustiada em alguns momentos e como já disse eu me senti dentro dessa história era como se eu estivesse tão próxima de Nastya que eu pude sentir toda dor, toda angustia, toda raiva que ela passava como se eu estivesse ali junto com ela presenciando tudo, por isso digo que esse livro mexeu um pouco comigo. O que eu também amei e que os personagens não tem nada de perfeitos pelo contrário são imperfeitos não tem o mocinho perfeito ou a mocinha perfeita ali, os personagens estão mais próximo da realidade do que as pessoas são e isso também ajudou muito para que eu pudesse me sentir mais próxima deles me sentir mais dentro da história. Foi uma leitura muitooo válida, muito interessante, foi um livro que valeu muito a pena e por isso eu recomendo muito, mas ao contrário do título o livro não tem nada de tranquilo, e uma verdadeira história de amor, de amizade, de família e principalmente de superação.
Resumindo estou inlove por ele :)






Comente com o Facebook:

Postar um comentário

Olá Chuchu's *-*
Nós do DNA agradecemos sua visita, saiba que sua presença é muito importante e seu comentário deixa três aspirantes a blogueira feliz :D
Então comente, opine, critique e sinta-se em casa, pois tudo aqui é feito com muito amor para você!
Se quiser fazer contato por e-mail, utilize a aba: Contato.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...  
 
© Dna Bookz - 2015. Todos os direitos reservados.
Layout criado por: Maidy. Modificado por: Edna Rodrigues.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo