6 de outubro de 2016

Resenha: O Dono do Sol - Marcio Viermo

Título: O Dono do Sol
Autor: Marcio Viermo
Editora: Mundial Gráfica e Editora
Páginas: 97




Conhecendo o autor: nasceu em Porto Velho-Rondônia. É poeta, escritor, contista, cronista, orador, palestrante, professor de Língua Portuguesa e Oratória. É autor-realizador do maior projeto de incentivo à leitura de Rondônia "Poesia nas Escolas" e autor da série "Coração Partido". Conhecido por mais de 700 mil alunos e o Poeta mais premiado de Rondônia.
Resultado de imagem para marcio poeta

Sinopse do livro: Este é o nono livro do poeta Marcio Viermo. Nele está incluso algumas das poesias mais conhecidas em suas palestras e apresentações, outras são inéditas, denotando a diversidade de sua obra. O poeta expressa no livro que o amor é transcendental, pois converge a força que o sentimento tem de nos salvar. Deus é o Dono do Sol, o Poeta maior, o autor de todas as poesias de amor e de todos os motivos que nos fazem amar. O livro possui poesias de amor, sátira, social, filosófica, textos e aforismos, pois tem analogia do sol que abrange todos os espaços. Reconhecido como um dos maiores artistas de Rondônia, Marcio Viermo, se tornou um poeta popular em virtude do trabalho realizado com crianças e jovens nas escolas, sempre tratado com admiração e carinho, conseguiu congratulação pela maneira singular que apresenta seus poemas e realiza suas palestras.

O livro é delicioso de se ler e reler, para os apaixonados de plantão tem muita inspiração. E porque não para os que amam e para aqueles que já não amam mais. Vontade de escrever várias poesias, separei uma para vocês.
"Enquanto não nos separarmos do desejo de controlar, não saberemos o que é o amor."  
Minha linda aventura
Eu tenho tentado esquecer que te amo,
Mas é tão difícil arrancar o que sinto;
Eu fico sozinho e, às vezes, reclamo,
Eu desconverso e disfarço, ciente que minto.

Acordo na noite, quieto e chorando;
Não tenho coragem de dizer que te quero;
De dor em silêncio, estou me dilacerando,
Mentindo pra todos que nunca t'espero.

Um segundo é um tempo nunca marcado,
É pouco demais marcar qualquer tempo;
Quero-te sonhando, te amo calado;
Fujo de mim e do meu sentimento.

Eu vivo de sonho, de desejo e ilusão;
Quieto em mim, sozinho num canto;
Eu quero você, mas você diz que não;
Eu tento sorrir, mas meu sorriso é um pranto.

Eu amo você e por mais que eu tente
Querer te esquecer não irei conseguir;
Eu sou a pessoa que chora e que mente,
Querendo dizer e querendo fugir.

Se você me olhasse e viesse ajudar
Esse espirito que chora de tanto palor,
Que sente teu corpo de quão desejar,
Que morre por dentro de tanto amor...

Talvez, você não seja a amada,
Que quero e sonho de tanta ilusão; 
Talvez, eu esqueça a triste jornada,
De saber que te amo na voraz solidão.

Mas se você for minha linda ventura,
Mesmo chorando o que sinto eu te digo;
Arranco do peito essa minha loucura
E te levarei nos sonhos comigo.


Poderia escrever várias sem me cansar, com poucas páginas é um livro que se consegue ler em um curto prazo de tempo, você não precisa ler ele em uma sequência você pode simplesmente abrir em uma poesia e ler aleatoriamente. 
Espero que tenham gostado e se inspirado com a poesia. Fico por aqui, e vale a pena conhecer esse escritor da Região Norte que tem projeto belíssimo com crianças e adolescentes.
Até breve, abraço! 
CLASSIFICAÇÃO DNA


Comente com o Facebook:

Postar um comentário

Olá Chuchu's *-*
Nós do DNA agradecemos sua visita, saiba que sua presença é muito importante e seu comentário deixa três aspirantes a blogueira feliz :D
Então comente, opine, critique e sinta-se em casa, pois tudo aqui é feito com muito amor para você!
Se quiser fazer contato por e-mail, utilize a aba: Contato.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...  
 
© Dna Bookz - 2015. Todos os direitos reservados.
Layout criado por: Maidy. Modificado por: Edna Rodrigues.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo