28 de julho de 2016

Resenha: Ian Curtis - Tocando a Distância - Deborah Curtis

Título: Ian Curtis - Tocando A Distância
Autora: Deborah Curtis
Editora: Ideal
PÁGINAS: 315

A curta, genial e trágica trajetória de Ian Curtis, vocalista do Joy Division, faz parte daquelas grandes histórias do rock’n’roll. Viveu rápido, morreu jovem e virou mito. Tocando a distância é o relato íntimo, aprofundado e fiel das duas personas do cantor, o mito e o homem, escrito pela única pessoa qualificada para essa missão: a sua viúva Deborah Curtis. Reverenciado por seus colegas (“a voz sagrada de Ian Curtis”, disse certa vez Bono Vox, do U2) e idolatrado por seus fãs, Ian Curtis deixou um legado artístico formidável. Hipnotizante em cima do palco, mas introvertido e propenso a variações de humor na vida particular, Ian cometeu suicídio em 18 de maio de 1980. Essa biografia mostra como Ian Curtis foi seduzido pela glória de uma morte prematura, mesmo com esposa, filha e o iminente sucesso internacional. Considerado o livro essencial sobre esse ícone da era pós-punk, o volume traz prefácios escritos por grandes nomes do jornalismo musical: o inglês Jon Savage e o brasileiro Kid Vinil. O premiado filme Control, de Anton Corbijn, foi baseado nesse livro. A obra ainda inclui todas as letras (algumas inéditas), escritos inacabados, fotos do arquivo pessoal de Deborah Curtis, discografia e a lista de shows do Joy Division.
Olá, leitores tudo bem?
Sempre fui um leitor assíduo de biografia, principalmente quando este tipo de gênero literário se aproxima fielmente dos acontecimentos ocorridos na vida de uma determinada pessoa. Não gosto da mesquinhez de certos biógrafos que tornam seus ídolos deuses e seres próximos a perfeição divina, tentando desta forma transmitir uma imagem falsa de um ídolo. E graças ao bom senso e a sinceridade, da escrita o livro Ian Curtis – Tocando A Distância, escrito pela viúva de Ian Kevin Curtis, a senhora Deborah Curtis, torna-se uma deleitosa leitura. 


Nesta biografia do ícone e vocalista da banda Joy Division (uma das bandas percussoras do movimento post-punk) não existem rodeios, não há o certo ou o errado, é inexistente o julgamento das atitudes, mas sim o relato sincero de uma vida degradada e desregrada. Os acontecimentos são narrados de maneira crua e real, sem panfletarismo nem arbitrariedade do ajuizamento moral. Cada capítulo do livro tem sua chamada ou a abertura com trechos memoráveis das letras escritas por Ian Curtis, o que de certa forma torna o livro mais convidativo para a leitura.
“Don't walk away, in silence”- Atmosphere
Ao longo do livro fica evidente que Ian Curtis sempre fora uma pessoa perturbada e sofria de depressão, além disso, constantemente abusava do uso de drogas (chegando até a ter duas overdoses não fatais), tinha propensão a atitudes machistas com agressões físicas e sérios ataques epiléticos em shows (os quais sempre eram confundidos erroneamente por fãs como performances de palco). Além de ser poeta, era o letrista principal do Joy Division e também o responsável por abordar temas dolorosos da época como o nazismo e outras mazelas sociais, tudo isto de maneira indireta e aberta a várias interpretações. 

A leitura desta obra é dinâmica, sempre mostrando a vida afetiva de Deborah e Ian Curtis, assim como o relacionamento do casal com amigos, conhecidos e a formação do Joy Division. Os capítulos finais trazem ao leitor toda a angústia e melancolia que se embrenhava como uma névoa espessa na existência dele, o que oferece ao leitor uma áurea triste e depressiva na narrativa dos últimos dias de vida do cantor. Mas o grande atrativo de “Tocando A Distância” é a imparcialidade da narrativa que cativa e emociona o leitor a cada página. Como brinde o livro ainda traz todas as letras dos álbuns Unknown Pleasures e Closer, com suas respectivas traduções, bem como rascunhos do que seriam as próximas músicas a serem lançadas pelo Joy Division. Além disso, encontra-se também a discografia completa da banda, todos os shows realizados e outras curiosidades. 
Uma biografia que indico a vocês, vale a pena ler. Até a próxima.

CLASSIFICAÇÃO DNA




Comente com o Facebook:

Postar um comentário

Olá Chuchu's *-*
Nós do DNA agradecemos sua visita, saiba que sua presença é muito importante e seu comentário deixa três aspirantes a blogueira feliz :D
Então comente, opine, critique e sinta-se em casa, pois tudo aqui é feito com muito amor para você!
Se quiser fazer contato por e-mail, utilize a aba: Contato.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...  
 
© Dna Bookz - 2015. Todos os direitos reservados.
Layout criado por: Maidy. Modificado por: Edna Rodrigues.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo