31 de maio de 2016

Resenha: Garota Exemplar - Gillian Flynn

Título: Garota Exemplar
Autora: Gillian Flynn
Editora: Intrínseca
Páginas: 446


Desde sua publicação, em 2012, Garota exemplar tornou-se sucesso de público e crítica, alcançando o topo das mais prestigiadas listas de mais vendidos ao redor do mundo e consagrando sua autora, Gillian Flynn, como a mais aclamada escritora de suspense da atualidade. Agora, a trama sobre o casamento que sai tragicamente dos eixos chega aos cinemas, numa superprodução da Twentieth Century Fox dirigida por David Fincher (A rede social e Clube da luta) e estrelada por Ben Affleck e Rosamund Pike. O roteiro é assinado pela própria Gillian Flynn. O livro começa no dia do quinto aniversário de casamento de Nick e Amy Dunne, quando a linda e inteligente esposa de Nick desaparece da casa deles às margens do rio Mississippi. Sinais indicam que se trata de um sequestro violento e Nick rapidamente se torna o principal suspeito. Sob pressão da polícia, da mídia e dos ferozmente amorosos pais de Amy, Nick desfia uma série interminável de mentiras, meias verdades e comportamento inapropriado. Ele é evasivo e amargo mas seria um assassino? Ao mesmo tempo, passagens do diário de Amy revelam um casamento tumultuado mas ela estaria contando toda a história? Alternando entre os pontos de vista de Nick e Amy, Flynn cria uma aura de dúvidas em que o cenário muda a cada capítulo. À medida que as revelações surgem, fica claro que, se existe alguma verdade nos discursos de Nick e Amy, ela é mais sombria, distorcida e assustadora do que podemos imaginar. Magistralmente bem construído do início ao fim, Garota exemplar é um daqueles livros impossíveis de largar e sobre o qual se quer debater assim que a leitura termina.
 

CUIDADO COM QUEM VOCÊ ESCOLHE PARA TROCAR ALIANÇAS NO ALTAR

“O amor é a infinita mutabilidade do mundo; mentiras, ódio, até mesmo assassinato, tudo está atrelado a ele; é o inevitável desabrochar de seus opostos, uma magnífica rosa com um leve cheiro de sangue. - Tony Kushner, THE ILLUSION”

Deparando-se com essa citação, antes de ler o primeiro capítulo, você já sabe que não se trata de uma história de “viveram felizes para sempre”. A jovem autora, já bastante premiada, Gillian Flynn é jornalista, e é possível ter a sensação dessa profissão na escrita da obra. Ela é direta e perspicaz. E embora seja um livro grande, com um boa leva de personagens, eles estão todos muito bem desenvolvidos e atrelados, mesmo os que você acha que fazem parte apenas do figurino.

Trata-se de um suspense psicológico que nos leva ao mundo de um casamento arruinado sem gritos audíveis, que assusta ao demonstrar como a suposta calmaria de um rio em sua superfície pode esconder uma intensa correnteza nas suas partes mais profundas.

O enredo traz os personagens principais, o casal Nick e Amy, alternando narrativas em primeira pessoa. A alternância é frequente, quase capítulo por capítulo, o que também acontece como o tempo: ora estão falando sobre o presente, ora estão recordando o passado, trazendo um ritmo alucinante para o thriller.

Amy, é uma mulher inteligente, bonita e estigmatizada pela personagem politicamente correta e perfeita do livro infantil Amy Exemplar, de autoria de seus pais.

O que o livro trouxe de riqueza material e fama trouxe de expectativas frustradas para ela, que era comparada com a perfeição fictícia da personagem. Quando encontrou Nick numa festa, eles formavam um casal improvável, que acabaram contrariando esse detalhe e deram certo. Até que alterações na vida pessoal e no emprego de Nick fizeram com que o casal precisasse mudar para o interior, onde a rotina acabou contaminando o relacionamento deles.

Numa última tentativa de manter a tradição da caça ao presente de aniversário de casamento Amy desaparece. Na casa há sinais de luta. Nick tenta seguir as pistas deixadas por ela para tentar recuperar sua esposa e seu casamento. Porém, o que nunca foi fácil, pela genialidade da companheira, torna-se ainda mais difícil com a suspeita da comunidade sobre ele mesmo ter sido o algoz de Amy. Some-se a isso reviravoltas familiares, falsos amigos, revelações e mentiras... Gente, é de tirar o fôlego!

Se você já leu o livro e não assistiu o filme, assista! Não é um daqueles casos em que o filme estraga o livro, não mesmo. A adaptação é muito bem feita e Ben Afleck está encarnando Nick no papel.




CLASSIFICAÇÃO DNA
                                                  



Comente com o Facebook:

Postar um comentário

Olá Chuchu's *-*
Nós do DNA agradecemos sua visita, saiba que sua presença é muito importante e seu comentário deixa três aspirantes a blogueira feliz :D
Então comente, opine, critique e sinta-se em casa, pois tudo aqui é feito com muito amor para você!
Se quiser fazer contato por e-mail, utilize a aba: Contato.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...  
 
© Dna Bookz - 2015. Todos os direitos reservados.
Layout criado por: Maidy. Modificado por: Edna Rodrigues.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo