17 de maio de 2015

Resenha: Sempre foi você


Título: Sempre foi você
Autora: Ana Lemos
Editora: Novo Século
Gênero: Romance - New adult
Página: 262

Quando a brasileira Lucy Somel passou a morar em Nova York ela tinha apenas uma meta: concluir a faculdade de Direito e trabalhar ao lado de sua grande amiga,Anna. O amor parece não caber em seu projeto de vida,considerando os poucos, breves e decepcionantes relacionamentos.No entanto,esta linda e inteligente mulher será surpreendida por uma "forcinha do destino" ao conhecer seu orientador para o trabalho de conclusão do curso.Marco Salvatore é uma lenda dos Tribunais,talento que lhe garantiu a fama de ser um dos melhores advogados da cidade,porém ,relacionamentos amorosos também não estão em seus planos.O desejo entre os dois é imediato,mas será o suficiente pra fazer Marco mudar de ideia e iniciar um relacionamento duradouro? Ou fazer Lucy acreditar que pode viver um grande amor?



Olá gente! A resenha de hoje é do livro Sempre foi você da autora Ana lemos. Recebi o livro a umas três semanas e tenho que falar que me encantei pela a capa, estava realmente ansiosa para o ler, mas com todas as obrigações diária e o meu chefe ditador de regras (a universidade rs) tive que adiar a leitura, comecei a ler a dois dias atrás e ontem já havia terminado haha devorei literalmente.


Sempre foi você é o primeiro livro da trilogia Amores traçados, e primeira obra da autora, apesar de se tratar de uma trilogia, são livros independentes, com foco em casais de personagens diversos, embora todos os personagens sempre estarão na história de uma forma ou outra ( restante da trilogia ainda não foram lançados).

Sempre foi você conta a estória de Luciana Somel (Lucy) uma menina que aos 16 anos conhece Anna Smith ainda no ensino médio. Anna é americana e estava no Brasil de passagem devido aos negócios do pai. Logo nasce uma linda amizade entre as duas e se tornam "irmãs", Lucy participa efetivamente da família Smith que a considera filha.
Infelizmente (ou felizmente) Mary Smith, mãe de Anna, descobre que estar grávida e a volta para Nova York precisa ser adiantada. Aflitas com a possível separação, tanto Anna como Lucy ficam inconsoláveis, é nesse ponto que o "Senhor e Senhora Smith" convida Lucy para morar com eles.

Anos se passaram e agora Lucy se encontra onde tanto almejava, estar no último ano da faculdade de direito prestes a apresentar seu tcc (trabalho de conclusão de curso), divide apartamento com a amiga e irmã Anna e nas horas vagas prática diversos exercícios físicos. Como Lucy precisaria de um tutor para acompanha-la e orienta-la na confecção do trabalho, a faculdade lhe encaminhou para o Senhor Marco Salvatore, é aqui que seus problemas (ou a solução deles) começa.
Foi justamente neste último e mais importante ano de faculdade que a minha vida virou de cabeça para baixo. Foi quando encontrei o homem que marcaria minha vida para sempre e de forma irreversível, mudando não só muitos de meus conceitos sobre o Direito, mas também sobre o desejo, luxúria, amor e ódio.
Marco é um advogado renomado, a competência em pessoa. Além de lindo (entendam Deus grego rs), focado no trabalho e sem nenhum interesse em relações amorosas, isso muda quando ele ver entrando em sua sala o seu novo "pupilo" e pela primeira vez é uma mulher, uma linda mulher.. Lucy Somel.
Além disso descobri que, por você, sou capaz de qualquer coisa
De inicio tanto Marco quanto Lucy tenta afastar qualquer possibilidade de relação entre eles, afinal seria anti-ético se envolver com seu orientador, mas isso dura pouco, logo estão vivendo em um ambiente de pura luxúria onde um não consegue tirar os olhos (ou as mãos) de cima do outro.. A dificuldade agora é: como se manter focada nos estudos quando o "Henry Cavill" (aos olhos de lucy) estar na sala ao lado?
Marco eu estou aqui com você porque é exatamente isso o que quero. E o que mais desejo nesse momento é que você seja o meu orientador ... para o prazer.
Minhas considerações 
Bom meus amores, agora vamos a minha opinião sobre o livro, confesso que não consegui me ligar completamente a estória, primeiro porque achei superficial a relação da protagonista com praticamente todos, principalmente com a família biológica, não senti veracidade no fato de uma mãe deixar sua filha de 16 anos ir pra fora do país e passar a chamar outra família de sua (pode até ser que exista, mas..)
Também fiquei torcendo o nariz para certas atitudes da Lucy e os seus amigos, nem parecia que eram adultos prestes a se formar em direito, atitudes imaturas e cheia de joguinhos sabe?
Acho que me tornei uma velha rabugenta rsrs porque não consigo gostar desses amores instantâneos (3 minutos e é o homem da minha vida).
Fora isso é um romance "clichêzinho" sem grandes reviravoltas, fofo e leve, ótimo para ler num domingo friozinho quando se estar de pernas pro ar. Não espere nada grandioso, mas é uma leitura rápida capaz de encher o coração de algumas "moçoilas" e arrancar suspiros.
No geral é uma leitura agradável, com uma estória já bem vista, e que flue com leveza e naturalidade, tem umas pitadas de humor essências que me fizeram ler em algumas horas.
Apesar de ser New adult achei bem leve, acima de 16 anos dá pra ler tranquilamente.

Espero que tenham gostado pessoal, não esqueça de comentar, sua opinião é muito importante. Beijos :*
Book Trailer Sempre foi Você – Ana Lemos



Comente com o Facebook:

10 comentários:

  1. Eu acho que gostaria de ler esse livro, até porque eu adoro um clichê haha
    E com a pitada de new adult, porque estou em uma fase de new adult um atrás do outro!

    Boutique de Clichês

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Ludi. O livro é uma ótima pedida pra quem curte romance com pitadas eróticas. super leve pra passar o tempo. espero que leia e goste :*

      Excluir
  2. Oi, Edna!
    Já li várias resenhas desse livro que me deixaram realmente curiosa. Essa capa é mesmo muito atrativa.
    Eu também não gosto de romances instantâneos, eles não me conquistam, e as vezes isso faz com que a gente perca o interesse no enredo do livro.
    Adorei a resenha.
    Beijos

    Construindo Estante || Curta a fan page
    Sorteio de caneca personalizada de A Culpa é das Estrelas. Participe!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Eliana!
      a capa chama muito atenção né? uma lindeza. e o livro é legal para passar o tempo, o romance não me convenceu, mas vi um monte de meninas que adoraram, então é gosto né? rs leia e me conte o que achou.
      beijos

      Excluir
  3. Olha quando eu fiz a leitura desse livro eu simplesmente achei tudo MARAVILHOSO. Foi um dos livros que amei e sinceramente não me arrependo, porque a autora além de abordar muito bem a história, soube fazer personagens cativantes. Acho que todos deveriam ler, porque é muito bom mesmo. Mas é uma pena que tu tenha gostado, mas não tanto. Espero que as próximas leituras sejam melhores =]

    Adorei seu cantinho. ESTOU TE SEGUINDO o/


    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/05/resenha-temporada-de-segredos.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Silvana, tudo bem?
      Primeiro obrigado por comentar, adoro ver opiniões diferente da minha, o que seria do doce se todo mundo gostasse do salgado né?
      Eu gostei do livro, só não cai de amores, faltou um algo mais, alguma problemática para mim!
      obrigado pela a visita flor, jajá passo lá no seu cantinho
      beijo

      Excluir
  4. Oi Edna!
    Já li algumas resenhas desse livro. Acho que a proposta é bacana, mas pelo que percebi quanto ao seu desconforto na leitura, talvez a autora devesse criar uma problemática que levasse a personagem principal ir para os Estados Unidos... Acho que poderia dar mais verdade nessa questão dos pais terem permitido, apesar de eu não ter ideia do que poderia ser essa problemática xD
    Acho que leria, se tivesse a oportunidade. Mas provavelmente ficaria um pouco receosa nesses pontos e fariam com que a nota para a obra fosse um pouco reduzida D:

    Beijos
    Daisy - nuvemdeletras.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Daisy!
      Também acho a proposta bem interessante e a leitura flue bem e rápido sabe? também acredito que deveria ter existido uma problemática. a mãe deixa ela ir porque era um sonho dela, mas não me convenceu rs.
      em todo caso valeu a leitura, foi agradável!
      Obrigado por comentar querida.
      Beijos

      Excluir
  5. Oi, Edna, tudo bem?

    Olha, se você está virando uma velha rabugenta por não gostar desses amores instantâneos, então somos duas! hahahaha
    Eu acho que existe, sim, amor à primeira vista, mas ultimamente esse artifício vem sendo usado em TANTO livro, que perde a magia!!! E, como você, achei a história um pouco inverossímil demais...não me convenceu esse negócio da mãe largar a filha, como assim, gente? Fácil assim? "Ahh não quer ir? Então fica aí. Fui!" Não sei não...

    Apesar disso gostei da parte do envolvimento dela com o orientador...é uma coisa meio "O Inferno de Gabriel".

    E Sobre o sobrenome do cara: só consegui pensar em The Vampire Diaries! hahahaha

    Beijo
    - Tamires
    Blog Meu Epílogo | Instagram | Facebook

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Tamires!
      a gente se parece muito hein kk também gosta de tvd? não consigo ouvir salvatore e não pensar em Damon haha.

      Beijos flor,

      Excluir

Olá Chuchu's *-*
Nós do DNA agradecemos sua visita, saiba que sua presença é muito importante e seu comentário deixa três aspirantes a blogueira feliz :D
Então comente, opine, critique e sinta-se em casa, pois tudo aqui é feito com muito amor para você!
Se quiser fazer contato por e-mail, utilize a aba: Contato.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...  
 
© Dna Bookz - 2015. Todos os direitos reservados.
Layout criado por: Maidy. Modificado por: Edna Rodrigues.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo